Novidades RSS



Por que os medievais acreditavam em monstros?

Vivemos na Era da Informação. Temos acesso a praticamente qualquer dado em qualquer momento na palma de nossas mãos. Desde opiniões de colegas até artigos científicos, podemos buscar praticamente qualquer coisa que nos interesse conhecer em uma rede 4G, em qualquer lugar que estejamos. Hoje, não precisamos mais acreditar em histórias de pescadores para saber sobre o fundo do oceano, podendo simplesmente pesquisar em fontes confiáveis por criaturas abissais, suas fotos e biologias. Porém, há não-tantos-anos-assim, o mundo era bem diferente. Criando Manuscritos Antes de 1450, praticamente todos os materiais já publicados eram manuscritos. Muito diferente das impressões em massa, cada manuscrito demorava meses ou anos para ser finalizado. O processo de produção era como um trabalho de formigas, dependendo...

Continuar lendo




A vida real de Pocahontas de acordo com registros orais indígenas

Publicada em 2017, The True Story of Pocahontas: The Other Side of History, escrita por Dr. Linwood “Little Bear” Custalow e Angela L. Daniel “Silver Star”, baseada na tradição oral sagrada da tribo Mattaponi, oferece uma visão mais ampla, e bem diferente, da Pocahontas real. Pocahontas foi a última filha de Wahunsenaca (Chefe Powhatan) e sua primeira esposa, também de nome Pocahontas, com quem se casou por opção e amor. A mãe de Pocahontas morreu durante o parto. A filha recebeu o nome de Matoaka, que significava “flor entre dois riachos”. O nome provavelmente veio do fato de que a vila de Mattaponi estava localizada entre os rios Mattaponi e Pamunkey e que sua mãe e seu pai pertenciam cada...

Continuar lendo