Vídeos e Booktrailers
Notícias Parcerias

Mary Stuart, a Rainha da Escócia

Alexandre Dumas

Publicado pela primeira vez como parte de uma coleção de oito volumes chamada Crimes Célebres, a obra Mary Stuart conta a trágica história da Rainha da Escócia, desde sua infância até a disputa de poder com Elizabeth I e, por fim, sua sombria execução.

Poucas Rainhas foram tão celebradas pela literatura quanto Mary Stuart. A história da mulher apaixonada, disposta a sacrificar sua coroa em nome de um amor impossível, já serviu de base para diversas obras de ficção, entre elas, Mary Stuart, de Alexandre Dumas. Na obra, Mary é retratada como alvo da inveja e ódio de Elizabeth I, a Rainha protestante da Inglaterra, que sentia seu direito ao trono ameaçado pela herdeira legitima. Mas para além do papel de mártir que a história nos conta, Mary também já foi retratada como assassina, como santa… Tais papéis contraditórios tornam quase impossível a tarefa de chegar a uma conclusão comum sobre quem realmente foi Mary Stuart. Esse mistério que ronda a figura da rainha da Escócia é um dos principais fatores que a tornam tão conhecida nos dias de hoje.