Princesa Pocahontas
Princesa Pocahontas
Princesa Pocahontas
Princesa Pocahontas
Princesa Pocahontas
Princesa Pocahontas
Princesa Pocahontas
Princesa Pocahontas
Princesa Pocahontas

Virgina Watson

Princesa Pocahontas

Preço normal R$ 64,00 Preço promocional R$ 48,90

em até 2x sem juros ou 5x no cartão ♥

Preço unitário  por 
Frete calculado no carrinho.

320 páginas amarelinhas | Capa em Kraft | Prefácios extras | Ilustrado

Sinopse

Pocahontas nasceu perto do final do século XVI como filha do chefe Powhatan. Foi ela, conhecida como Matoaka por seu clã, que intercedeu em nome de John Smith em 1608 e depois persuadiu seu pai a trazer comida para os colonos famintos de Jamestown. Todos conhecem o enredo de como a princesa indígena salvou a vida do capitão John Smith, mas essa não é a história completa.

O romance “Princesa Pocahontas”, escrito por Virginia Watson em 1916, nos narra, a partir de diários e documentos da época, a vida da famosa princesa indígena.

Tradução de Carolina Caires Coelho

Publicado em 1916 | Inédito no Brasil

Ficha técnica 

    Dados Informações
    Nome do Autor
    Virginia Watson 
    Tradutor
    Carolina Caires Coelho
    ISBN 978-85-67566-26-9
    Páginas 320
    Formato 15,5x23 cm
    Capa Brochura de alta gramatura em papel Kraft
    Miolo Papel pólen soft 80g
    Acabamentos especiais Capa em Kraft 300g com Pantone
    Edição 
    Conteúdo Indicado para todas as idades

    Customer Reviews

    Based on 3 reviews
    100%
    (3)
    0%
    (0)
    0%
    (0)
    0%
    (0)
    0%
    (0)
    P
    P.K.D.M.
    Lindo

    Amei a leitura e a arte da obra.

    B
    B.M.
    O brado e o silêncio dos sábios na alma de uma garota forte e visionária

    Feche os olhos, volte no tempo e relembre o desenho animado da Disney. Sinta o vento balançar e mexer nos seus cabelos. Ouça os sons da floresta. E se eu disser a você que a história envolvendo Pocahontas e John Smith, seu encontro e os cotidianos da época, foram bastante diferentes? Que tal conhecer a real história? Pocahontas foi uma personagem real, que teve um papel fundamental no estreitamento das relações entre os povos ameríndios e europeus. Provavelmente, por suas atitudes, guerras mais sangrentas foram evitadas na conquista da Virgínia, o primeiro estabelecimento inglês permanente no continente.

    Princesa Pocahontas é um livro para ser degustado, sentido... Repleto de poesia nas suas ilustrações, o clássico de 1916 conta a história de uma índia, que nasceu provavelmente em 1595, que virou embaixadora do seu povo, indo, inclusive, além mar. Nesse caminho, batizou-se, virou Rebecca, teve filhos, e deixou um legado que perdura até hoje.
    Muito do que se sabe de sua história constam nos registros de diário de bordo de Jonh Smith e de John Rolfe, mas não entrarei nos pormenores propositalmente. Convido você a entrar nas brumas do tempo e conhecer esse enredo, que foi preservado até a atualidade através dos registros orais. Uma história de força, sacrifícios, doação pelo coletivo, amor. Uma leitura que toca o coração e que vale muito a pena. Uma ode à importância da tradição oral e à sapiência dos ancestrais.

    G
    G.F.
    Melhor que os filmes

    Estou foi o meu primeiro contato com a @editorawish e eu simplesmente amei o carinho e o trabalho feito no livro.

    O acabamento do livro é muito bem pensado e remete a natureza como a personagem a vive. O acabamento da capa me lembrou dos diários antigos dos exploradores como o próprio John Smith.

    A história é diferente dos filmes da Disney mas admito que não os lembro com tanta precisão para saber se isso se aplica em toda a história. A forma como a história é contada é bem fluida e tranquila o que me fez terminar em dois dias.

    A forma como os personagens são refratados e descritos se aproximam bastante do que se espera da veracidade sobre os índios da época.

    Me surpreendi com a informação de que Pocahontas foi uma pessoa real e isso torna a história ainda mais interessante ao mostrar que duas culturas completamente diferentes podem viver em concordância se apresentadas de forma correta.

    O modo como é apresentado a colônia inglesa me faz detestar ainda mais a era colonial de antigamente que quase dizimou com as culturas e dês locais em todo o continente da América.

    Mesmo sendo uma história “simples” e para crianças deixa um gosto amargo no fim e me deixou com questionamentos sobre a história e outras coisas.

    É um livro que recomendo e para conhecer outro lado dos contos tradicionais infantis, o lado verdadeiro.